Salmo:119.165;

Salmo:119.165; Grande paz têm os que amam a lei de Deus; para eles não há tropeço.

sábado, 16 de junho de 2012

A batalha na mente – John Stott (1921-2011)



Não basta saber o que devemos ser... Devemos ir além e estruturar nossa mente para isso. A batalha é quase sempre vencida na mente. É pela renovação de nossa mente que nosso caráter e comportamento são transformados. Assim, as Escrituras nos chamam, vez após vez, em relação a isso, à disciplina mental. Elas nos dizem: "... tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas" (Fp 4.8). Novamente elas afirmam: "Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas. Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus" (Cl 3.1-3). E mais uma vez afirmam: "Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acor¬do com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz" (Rm 8.5,6). Domínio próprio é primariamente controle da mente. O que semeamos em nossa mente, colhemos em nossas ações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário