Salmo:119.165;

Salmo:119.165; Grande paz têm os que amam a lei de Deus; para eles não há tropeço.

domingo, 15 de julho de 2012

ESTEVÃO, O DEFENSOR DA FÉ CRISTÃ, O GRANDE APOLOGISTA



A palavra grega apologia refere-se à lógica na qual as crenças de uma pessoa são baseadas, é a arte de defender a fé, uma obrigação de todo crente que professa uma fé genuína em Jesus Cristo. A finalidade de uma apologia é a fidelidade para com Deus. O primeiro e um dos grandes apologistas da fé cristã foi a pessoa de Estevão, descrito no livro de Atos dos Apóstolos que utilizou-se de um discurso, demonstrando um grande conhecimento teológico e memorização de passagens bíblicas: “É este Moisés quem esteve na congregação no deserto, com o anjo que lhe falava no monte Sinai e com os nossos pais; o qual recebeu palavras vivas para no-las transmitir. A quem nossos pais não quiseram obedecer; antes, o repeliram e, no seu coração, voltaram para o Egito... O qual também nossos pais, com Josué, tendo-o recebido, o levaram, quando tomaram posse das nações que Deus expulsou da presença deles, até aos dias de Davi.”  Atos 7.38-39, 45 Estevão também tinha conhecimento de história: “E Moisés foi educado em toda a ciência dos egípcios e era poderoso em palavras e obras.” Atos 7.22 Demonstrou em todo relato do capítulo 07 do livro de Atos que a lei mosaica apontava para o Cristo vindouro: “Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis.  Qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram os que anteriormente anunciavam a vinda do Justo, do qual vós agora vos tornastes traidores e assassinos,”  Atos 7.51-52 O uso da história, teologia, memorização e outras técnicas usadas de maneira certa e com o propósito certo foram fundamentais para o discurso argumentativo do grande mártir e apologista Estevão, uma bela explanação da lei e da graça, uma grande defesa da fé cristã! Por: Carlos ReghineUm Canal Reformado! Sempre reformando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário