Salmo:119.165;

Salmo:119.165; Grande paz têm os que amam a lei de Deus; para eles não há tropeço.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Por Que Entrar Para A Igreja?


Importância daquestãoEsse tema é vital para nossas igrejas, e para nóscomo Cristãos atualmente. É um tópico crucial para entender para que Cristoestá chamando você como um discípulo dele. Juntar-se a uma Igreja não o salvarámais do que suas boas obras, sua educação, sua cultura, suas amizades, suascontribuições, ou seu batismo salvará você. Não-Cristãos não deveriam estartentando se juntar a uma igreja, mas aprender mais o que significa ser umCristão. Mais para aqueles que confessam ser Cristãos, deixe-me fazer umapergunta: O que significa viver a vida cristã? Nós vivemos a vida cristãsozinhos?Cinco Razões parafazer parte da Igreja.Existem muitas outras boas perguntas que nóspoderíamos fazer que reforçariam muito a nossa necessidade por uma igreja, masdeixe-me dar-lhe cinco boas razões para se juntar a um igreja que prega oevangelho, e modela a vida Cristã.1.Garantia para nósmesmosVocê não deveria se juntar à igreja a fim de sesalvar, mas você deveria juntar-se à igreja para ajudar você a estar certo deque está salvo. Lembra das palavras de Jesus no evangelho de João?“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aqueleque me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.... Seguardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eutenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.... Vóssereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.... Se sabeis estas coisas,bem-aventurados sois se as fizerdes.” (João 14:21; 15:10, 14; 13:17)Ao nos juntar à igreja, nos colocamos em umaposição na qual pedimos aos nossos irmãos e irmãs para nos manter sujeitos à cobrançade viver de acordo com aquilo que nós falamos com a nossa boca. Nós lhe pedimospara encorajar-nos, algumas vezes lembrando-nos das formas que eles têm vistoDeus trabalhar em nossas vidas, e outras vezes a desafiar-nos quando nóspodemos estar nos afastando da obediência a Ele. Sua associação em uma igrejalocal é este testemunho público da congregação de que sua vida dá evidências deregeneração.Associação em uma igreja local não salvará, mas éum reflexo da salvação. E se não houver uma reflexão, como é que vamos sabersobre a salvação requerida?Ao nos tornar um membro da igreja, estamossegurando as mãos uns dos outros para conhecer e ser conhecido um pelo outro, epara ajudar e encorajar uns aos outros quando nós precisamos ser lembrados dasobras de Deus em nossas vidas, ou para ser desafiado sobre maioresdiscrepâncias entre o nosso falar e o nosso caminhar.2. Evangelizando omundoVocê deveria se unir a uma igreja local também pelobem de evangelizar o mundo. Juntos podemos espalhar melhor o evangelho no nossopaís e no exterior. Nós podemos fazer por nossas palavras, enquanto nóscompartilhamos a mensagem das boas notícias com os outros, e enquanto podemosajudar outros a fazê-lo. A igreja local é, por natureza, uma organizaçãomissionária.Nós reforçamos isto com as nossas ações enquantotrabalhamos para mostra o amor de Deus ao suprir as necessidades físicas deórfãos, os doentes, crianças, ou as pessoas desfavorecidas. Através da nossaprópria comunidade de igrejas nós ajudamos a espalhar o evangelho ao redor domundo, e nós fornecemos milhões de dólares e milhares de voluntários paraajudar aqueles que têm algumas necessidades físicas imediatas como no caso decatástrofes, educação, e inúmeros outros ministérios. Mesmo tão imperfeitos comonós somos, se o Espírito de Deus está genuinamente trabalhando em nós, Ele vaiusar as nossas vidas e palavras para ajudar outras pessoas para demonstrar averdade de Seu evangelho. Este é um papel especial agora que não teremos noCéu. Este é o privilégio especial da igreja agora - fazer parte do plano deDeus, para levar o Seu evangelho ao mundo.3. ExpondoEvangelhos falsos.Deus quer que estejamos juntos nesse caminho deexpor evangelhos falsos. É através do nosso estarmos juntos como Cristãos quemostramos ao mundo o que realmente é o Cristianismo. Em nossas igrejas, nósexpomos mensagens e imagens que propõem-se a ser um Cristianismo bíblico, masrealmente não são. Não seria este certamente o caso de que aqueles que não sãomembros de igrejas evangélicas não o são por que eles não acreditam realmenteno mesmo evangelho? Parte da missão da igreja é reconhecer e defender overdadeiro evangelho e para evitar perversões dele. Temos que perceber queparte da nossa tarefa ao evangelizar pode muito bem ser não só apresentarpositivamente o evangelho de Jesus Cristo, mas também desmantelar as más,confusas, distorcidas testemunhas que se levantaram como igrejas Cristãs, masque na realidade confunde o evangelho mais do que confirma.4.Edificação daIgrejaUma quarta razão para se associar à igreja é aedificação ou construção da igreja. Unir-se a uma igreja irá ajudar a combatero nosso individualismo errado e vai nos ajudar a compreender a naturezacorporativa do Cristianismo. Quando você estuda o Novo Testamento você descobreque nossas vidas Cristãs são supostas a envolver nosso cuidado e preocupação umpelo outro. Isso é parte daquilo que significa ser um Cristão. E embora nósfaçamos isso imperfeitamente, nós devemos ser comprometidos a fazer isso. Nós intentamosincentivar até mesmo a passos de bêbe, em justiça, amor, abnegação e semelhançacom Cristo.Em nossa classe de associação da igreja muitasvezes eu conto a história de um amigo que trabalhava para um ministério decampo Cristão enquanto assistia a uma igreja na qual eu era membro. Ele sempreentrava logo após os hinos, sentava para o sermão, e então ia embora. Euperguntei a ele um dia, porque ele não vem para todo o serviço. “Bem,” eledisse, “Eu não aproveito nada do resto.” “Alguma vez você pensou em se unir àigreja?” Eu respondi. Ele pensava que era apenas uma pergunta absurda. Eledisse, “Porque eu iria me unir à Igreja? Se eu me juntar a ela, acho que elesiriam me desacelerar espiritualmente.” Quando ele disse eu imaginei se eleentendia o que significa ser um Cristão. Eu repliquei, “Alguma vez você jáconsiderou que talvez Deus quer que você abrace estas outras pessoas? Claro,eles podem atrasar você, mas você pode ajudar a acelerá-los. Talvez isto sejaparte do plano de Deus para nós ao vivermos juntos como Cristãos!”5. A Glória de DeusFinalmente, um Cristão deve se unir a uma igrejapara a glória de Deus. Pedro escreveu para alguns primeiros Cristãos, “Tendoo vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal devós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boasobras que em vós observem,” (I Pedro 2:11). Fantástico, não é? Mas então,novamente, você pode dizer que Pedro tinha ouvido o ensinamento do seu Mestre.Você se lembra o que Jesus havia ensinado no Sermão da Montanha. “Assimresplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obrase glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus,” (Matheus 5:16). Novamente, asurpreendente suposição parece ser a de que Deus irá receber a glória pelasnossas boas obras. Se isso é verdade da nossa vida individualmente, não deveriavir como uma grande surpresa descobrir que a Palavra de Deus diz que esse étambém o caso com nossas vidas juntos como Cristãos. Deus intenta que a formade amar-nos uns aos outros irá nos identificar como seguidores de Cristo. Lembre-se das famosas palavras de Jesus em João 13:34-35, “Um novomandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, quetambém vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meusdiscípulos, se vos amardes uns aos outros.” Nossas vidas unidas são paranos marcar externamente como sendo dEle, e são para trazer Ele louvor e glória.Mark DeverNota: Extraído do Livro “Uma Exposição da Glória de Deus”Tradução: Samira Pinto

Nenhum comentário:

Postar um comentário